Portal da Cidade Igrejinha

OPERAÇÃO POLICIAL

Brigada Militar realiza abordagens e prisões em Igrejinha e Três Coroas

Foram realizadas várias barreiras e abordagens em oito bares das cidades. Ao todo, além das prisões, 109 pessoas abordadas e 57 veículos fiscalizados.

Postado em 25/09/2020 às 17:05

(Foto: Divulgação / BM)

(Foto: Divulgação / BM)

(Foto: Divulgação / BM)

(Foto: Divulgação / BM)

Na última quinta-feira (24/09), a Brigada Militar realizou Operação Policial nos municípios de Três Coroas e Igrejinha. A capitã Francieli Ronsoni, comandante da 3ª CIA e responsável pelo policiamento nas duas cidades, que esteve a frente da ação, destacou que o objetivo foi coibir e reprimir as ocorrências de tráfico de drogas, roubos e furtos, bem como identificação de foragidos da justiça e apreensão de armas.

Além do efetivo local, ainda participaram as guarnições da Força Tática do 1º BPAT. Foram realizadas barreiras em diversos pontos dos municípios e abordagens em oito bares. Abordadas ao todo 109 pessoas e fiscalizados 57 veículos, sendo 46 automóveis e 11 motocicletas.

PRISÃO DE PROCURADO DA JUSTIÇA

No final da tarde foi preso um procurado da justiça, no bairro Sander. O homem de 54 anos, com vasta ficha criminal por furtos, possuía mandado de prisão expedido pela comarca de Sapiranga. Ele foi preso na Rua Bororó, sendo conduzido a delegacia onde foi registrada a ocorrência.

PRISÕES POR JOGOS DE AZAR

Durante abordagem em um bar na Rua Augusto Becker, Bairro Linha, em Três Coroas, foram encontrados dentro da gaveta do caixa e em cima do balcão de atendimento, anotações e blocos do jogo do bicho, assim como dinheiro já separado para pagamento de prêmio do referido jogo de azar.

Ainda os Policiais Militares reconheceram o veículo Fiat/Uno, estacionado na frente do local, cujo proprietário já possui ocorrências envolvendo a prática de jogo do bicho. No automóvel foi encontrado dinheiro das apostas do dia, e diversos blocos de anotações para a realização das mesmas. 

O autor de 54 anos, com diversos antecedentes pela contravenção, confessou que faz o recolhimento do jogo do bicho e que o dinheiro era todo oriundo do jogo ilegal e pagamento das apostas do dia de hoje.

Foi confeccionado termo circunstanciado por jogos de azar para ele e para o proprietário do bar de 38 anos.

Fonte:

Receba as notícias de Igrejinha no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário