Portal da Cidade Igrejinha

EDUCAÇÃO

Projeto busca liberação de ampliação da escola técnica Cimol

A Escola conta atualmente com 1.400 interessados na liberação de novas vagas

Postado em 09/02/2018 às 21:58

Prefeito Tito Livio Jaeger Filho (3º dir) fala sobre a importância do Cimol para Taquara e cidades vizinhas (Foto: Cleusa Silva)

Seguindo com sua proposta de oferecer variadas formas de capacitação aos taquarenses, facilitando assim sua procura por melhores colocações no mercado de trabalho, a Administração Municipal de Taquara busca junto a Secretaria Estadual da Educação a liberação do projeto de ampliação da Escola Técnica Estadual Monteiro Lobato – Cimol.

Na última quarta-feira (07), durante reunião com o Secretário Estadual da Educação, o taquarense Ronald Krummenauer, o prefeito Tito Livio Jaeger Filho falou sobre a importância do educandário não apenas para o município, mas também para as cidades vizinhas a Taquara.

“Nos tempos de crise em que vivemos atualmente, nunca a qualificação profissional foi tão importante na busca de uma melhor colocação no mercado de trabalho. E o Cimol, que tem uma gama de cursos profissionalizantes, tem sido procurado por pessoas de toda a região”, explicou o prefeito de Taquara.

De acordo com Silvio Quintino de Melo, diretor do Cimol, que esteve acompanhando a comitiva taquarense liderada pelo Deputado Estadual, João Fischer (Fixinha), a pedido do vereador e presidente do Legislativo, Guido Mário Prass Filho, a escola profissionalizante conta atualmente com aproximadamente dois mil alunos matriculados e outros 1.400 interessados na liberação de novas vagas nos cursos oferecidos pela escola – Eletrônica, Eletrotécnica, Técnico em Móveis, Mecânica, Design de Móveis, Química, Informática ou Técnico em Meio Ambiente.

Ao final do encontro, que também contou com a participação do Secretário Municipal de Educação Cultura e Esportes, Antônio Edmar Teixeira de Holanda e do presidente do Círculo de Pais e Mestres (CPM) da escola taquarense, Marlon Lazaretti, o Secretário Krummenauer determinou que o projeto de ampliação do Cimol fosse prontamente desarquivado.

Nos próximos dias, enquanto a direção da escola reúne toda a documentação técnica necessária para o andamento do processo, uma equipe da Superintendência de Ensino Profissional deverá visitar as instalações do Cimol e avaliar a possibilidade do prédio ser ampliado.

Fonte: Cleusa Silva

Deixe seu comentário