Portal da Cidade Igrejinha

DESEMPREGADOS

Após incêndio destruir fábrica, Calçados Beira Rio demite 700 funcionários

Incêndio destruiu por volta de 90% da unidade da empresa Calçados Beira Rio no município de Mato Leitão, no Vale do Taquari.

Postado em 18/03/2020 às 12:30 |

Restante da estrutura, cerca de 10%, que sobrou terá de ser demolido (Foto: Prefeitura de Mato Leitão)

Após o incêndio que destruiu por volta de 90% da unidade da empresa Calçados Beira Rio no município de Mato Leitão, no Vale do Taquari, na madrugada de terça-feira, 17, a empresa comunicou o desligamento de até 700 funcionários. A informação foi confirmada pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Calçado e Vestuário de Venâncio Aires e Mato Leitão, João Emerson de Campos.

Segundo ele, o número ainda não está claramente definido. A Calçados Beira-Rio está fornecendo aviso prévio aos colaboradores nesta manhã, com apoio do sindicato. “Eles estão realocando funcionários para outras unidades, como Santa Clara do Sul e Roca Sales. Por volta de 20 ficarão em Mato Leitão, com funções administrativas”, afirmou.

Ainda conforme Campos, o que restou do prédio está condenado e terá de ser demolido. A Calçados Beira Rio, que tinha cerca de 850 funcionários em Mato Leitão, é a maior empregadora do município e maior geradora de ICMS. “Estamos dando o suporte que podemos aos funcionários. Muitos deles poderão receber o seguro-desemprego. O problema é de quem tem menos de um ano de empresa”, comentou o presidente. Ontem, a Beira Rio também divulgou nota oficial. Segundo a empresa, as causas do sinistro serão investigadas pela perícia.

Leia a nota oficial da Calçados Beira Rio

A Calçados Beira Rio S.A comunica um incêndio ocorrido na sua unidade de Mato Leitão na madrugada desta terça-feira dia 17/03/2020. Reforça que não houve feridos. Agradecemos o pronto atendimento do corpo de bombeiros de Lajeado e Venâncio Aires e o empenho do Prefeito de Mato Leitão Sr. Carlos Alberto Bohn. As causas serão investigadas pela perícia. Agradecemos a todos que de alguma forma colaboraram e estão colaborando para atenuar os problemas deste lamentável sinistro’.

Fonte:

Deixe seu comentário