Olá Visitante! Cadastre-se ou faça seu Login
Login com Facebook
ou
Você está em Igrejinha / RS

Você está aqui: Home / Notícias / Onde foi parar o dinheiro das contas inativas do FGTS?


Atualizado


Onde foi parar o dinheiro das contas inativas do FGTS?

Foto: Marcelo Matusiak

GERAL - A expectativa a partir da liberação de recursos financeiros de contas inativas do FGTS que poderia ser de diminuição dos índices de inadimplência, não se concretizou. Ao invés disso, o que os números mostram foi um incremento em setores econômicos que estavam estagnados nos últimos meses. A constatação é do levantamento mensal realizado pela FCDL-RS, a partir de dados do IBGE.

- Esse foi o terceiro mês consecutivo que as vendas do comércio varejista gaúcho apresentaram crescimento. Em março a alta foi de 6,36% na comparação com o mesmo mês do ano passado. A expansão, acima do esperado, foi fortemente influenciada pelo uso de dinheiro novo no mercado por conta do saque das contas inativas do FGTS. Isto era esperado, mas não com tamanha intensidade, uma vez que a expectativa geral era que os consumidores beneficiados com o fundo de garantia priorizassem a quitação de dívidas em atraso - afirmou o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

Um dos fatores que causou esse fenômeno é que quem retirou FGTS inativo não era predominantemente inadimplente. Confirmando a preferência dos consumidores pela aquisição de bens duráveis a partida de ganhos extras, foram exatamente estes grupos de produtos que alavancaram as vendas varejistas gaúchas As altas mais expressivas foram nos ramos de material de construção (8,8%), veículos (14,6%), informática & comunicação (11,5%), móveis & eletrodomésticos (15,35%) e artigos do vestuário & calçados (18,08%). Pelo lado oposto, as quedas de vendas ficaram concentradas nos supermercados (-10,48%) e farmácias (-3,71%).



Fonte: Marcelo Matusiak/PlayPress

Deixe seu comentário

Você está em Igrejinha / RS
Portal Igrejinha
Unidade Igrejinha, RS


Anderson da Silva Publicidade - EPP - 19.021.697/0001-05
© 2008-2017 Copyright Franquia Portal da Cidade ®